sábado, 3 de novembro de 2012

Um desabafo interessante

Como todos sabem, este blog é um meio que utilizo para compartilhar idéias, sentimentos e algumas sugestões de trabalho. Recentemente trabalhei com um grupo de alunos um vídeo da atual presidenta, relatando sobre suas experiências na ditadura, perído dificil de nossa história e de pouco conhecimento para a grande maioria.
 
Além do conhecimento histórico, também nos permite refletir que o julgamento é sempre o caminho mais fácil do que buscar a compreensão dos fatos. Existem sempre dois lados da questão, sendo de suma importância treinarmos nossa escuta para assim construirmos NOSSAS impressões sobre os fatos. 
 
Penso ser um vídeo interessante, para conhecimento da nossa história e quem sabe dar uma dimensão política melhor de como a mesma vem sendo constuída em nosso país. Espero que gostem e postem seus comentários.
 
Ah, fica a dica aqui já dada de vistarem também o Museu da Resistência, espaço também dedicado para contar um pouco da história deste período.
Até a próxima,
 
 
video
 
 
 
 
 
 
 
 










 

Fim do mundo??


Ultimamente uma das notícias que mais tem circulado na mídia é o tal do fim do mundo para 22 de dezembro, estas informações estão baseadas em uma profecia Maia...

Resolvi escrever sobre sobre isto, pois se pensarmos bem o mundo que conhecemos acaba todos os dias, o mundo de hoje não é o mesmo de ontem: o clima é outro, as pessoas estão diferentes,eu sou outra pessoa com minhas experiências de ontem acumuladas a de outros dias....

Sendo assim, posso entender que pelo mundo não ser mais o mesmo a profecia esta correta, ele de fato esta acabando, porém tenho a certeza do potencial que existe para o surgimento de um novo mundo, com mais solidariedade, amor, respeito ao próximo, tolerância e tantos outros valores que estão perdidos por aí....

Também penso que a grande questão que deveria nos inquietar não é o que você faria se o mundo fosse acabar, como tantos programas tem feito mas sim: o que temos feito de nossas vidas todos os dias, pois ela muda todo dia,  hora, minuto e segundo...

Gosto desta música do Lenine, mas como uma reflexão diária, pois a cada novo fim do mundo eu tento ser uma pessoa melhor.

Boa música e reflexão.... Bjs no coração e até a próxima




video




O que você faria?
                            Lenine

Meu amor o que você faria?
Se só te restasse um dia
Se O mundo fosse acabar
Me diz o que você faria?

Ia manter sua agenda
de almoço hora apatia
Ou ia esperar os seus amigos
Na sua sala vazia

Meu amor o que você faria?
Se só te restasse um dia
Se O mundo fosse acabar
Me diz o que você faria?

Corria pra um shopping center
Ou para uma academia
Pra se esquecer que não da tempo
Pro tempo que já se perdia

Meu amor o que você faria?
Se só te restasse esse dia
Se O mundo fosse acabar
Me diz o que você faria?

Andava pelado na chuva
Corria no meio da rua
Entrava de roupa no mar
Trepava sem camisinha

Meu amor o que você faria?o que você faria?
Abria a porta do Hospício
Trancava da delegacia
Dinamitava o meu carro
Parava o tráfego e ria

Meu amor o que você faria?
Se só te restasse esse dia
Se O mundo fosse acabar
Me diz o que você faria?

Meu amor o que você faria?
Se só te restasse esse dia
Se O mundo fosse acabar
Me diz o que você faria?

http://www.vagalume.com.br/lenine/o-que-voce-faria.html#ixzz2BAPR2CGk

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Maria Gadú - Anjo de Guarda Noturno



Gosto muito desta música, ainda mais como uma linda oração para todos os dias... Espero que gostem também...


Meu anjo de guarda noturno - interpretação Maria Gadú



Meu anjo de guarda noturno:
Você é quem sabe de tudo.
E quando eu peço proteção
Não é pra fugir do ladrão
Nem pra me esconder na igreja
Eu quero é que Deus nos proteja
Das dores do coração

Meu anjo de luz, que ilumina
Compositor da minha sina
Não deixe que espinhos me ceguem
Guarde meus caminhos que seguem
Os carinhos dessa menina

Meu anjo de luz guardião
Condutor da minha emoção
Ensine o atalho pra ela
E evoque o anjo dela
No toque sutil da canção
No toque sutil do baião

A arte da amizade...



Recentemente tenho pensado muito no significado da palavra amizade... quando era pequena, escutava muito dos meus pais: "amigos de verdade somente pai e mãe". De certa forma, esta é uma máxima verdadeira, pois eles estão ao nosso lado a todo o momento, aceitam nossos piores defeitos e de fato alegram-se com nossas conquistas não dando espaço para sentimentos negativos nesta relação.

Porém existem outras pessoas que tornam-se nossos amigos nesta caminhada que é a vida... recentemente li uma reportagem onde dizia que após os trinta anos fica mais difícil fazer amigos, isto em função da vida turbulenta que temos. Por um lado concordo com a mesma, mas por outro penso que não é bem assim... Lógico que com o tempo tornamo-nos mais seletivos, e não é com todas as pessoas que compartilhamos nossas histórias, mas posso dizer que tive a grata surpresa de encontrar boas amigas após os trinta, pessoas que gosto de estar perto mesmo não tendo a frequencia do contato.

A gestação também tem ajudado a avaliar alguns vínculos... sempre fui do tipo de amiga que esta ao lado para o que fosse necessário, mas com o passar do tempo e da experiência percebi que a reciproca nem sempre era verdadeira e com isto passei a reavaliar alguns contatos.  De fato amigo não é aquele que passa a mão na sua cabeça para tudo, mas também não é aquele que faz questão o tempo todo de lembrar quais são seus defeitos, amigo não é aquele que fala somente o que deseja ouvir, mas também não é aquele que não cuida do que fala e que por te conhecer tão bem pode te magoar ao dizer alguma coisa, amigo não é aquele que esta sempre ao teu lado, mas faz questão de estar nos momentos mais importantes da tua vida e quando se reencontram faz parecer que a última vez em que se falaram foi ontem, sem muitas reservas  tendo somente o carinho e a saudade como companheiras neste processo.

Como disse, estou reavaliando algumas relações em minha vida... até porque aos 34 anos, não quero mais ser obrigada a conviver com quem não simpatiza com meu jeito de ser, com quem julga minhas atitudes ou até baseiam-se em fatos que hoje não condizem mais com meu estilo de vida, afinal de contas evoluímos nesta vida e àqueles que não querem fazer parte dela, só posso lamentar afinal alguns são vínculos de anos, mas também não posso permitir que continuem a me magoar e àqueles que queiram fazer parte da minha vida, mesmo com os defeitos que tenho, serão muito bem vindos e amados... pois a amizade é isto zelar pelo outro, cuidar e bem querer.... se algum sentimento contrário a isto surgir acho que vale a pena pensar neste vínculo e avaliar se de fato ele tem feito bem para o seu coração....


Bjs no coração e até breve


quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Os sentimentos na gestação



Estar grávida não é uma tarefa fácil...  a partir do momento em que descobrimos a gestação, uma coisa é fato: nosso corpo não nos pertence mais. São tantas mudanças corporais e emocionais que ficamos irreconhecíveis.

Acho interessante pensar que a maioria das mulheres relata como um momento mágico e lindo... de fato é um momento muito especial, porém a oscilação dos sentimentos não é algo tão fácil de lidar. Lembro que a atriz Juliana Paes em sua gestação disse que era horrível estar grávida - ou algo parecido - e de fato não é algo tão simples. As inseguranças, angustias, medos e até mesmo frustações são coisas que vem nos visitar constante... talvez pela falta de exercícios ou qualquer outro estímulo.

O que acontece realmente é uma gangorra emocional e haja meditação e relaxamento para dar conta de tudo isso.

As pessoas que estão em volta são fundamentais neste processo, elas precisam entender que realmente é um momento em que a mulher encontra-se fragilizada e que este sentimento é muito mais forte do que ela e que portanto, julgar, questionar ou falar que a mesma esta insuportável de nada irá adiantar, só reforçará a idéia da gestante de algo de fato esta fora do lugar. Este comportamento muitas vezes só confirma a fantasia da gestante de que as coisas nuncas mais serão as mesmas, que ela nunca mais será a mesma. Mesmo isto sendo uma verdade, pois as coisas serão diferentes, neste momento este sentimento passa a ser ameaçador e angustiante....

Bom, o que posso dizer é que estou tentando lidar com tudo isto... as vezes não entro na armadilha destes sentimentos, mas em outros momentos não consigo e acabo cedendo , mas creio que tudo isto faz parte do processo e em breve será somente mais uma lembrança que me ajudará a ser uma pessoa melhor.

Até a próxima...

sábado, 13 de outubro de 2012

Novos horizontes




Oi gente!!! Quanto tempo, não??? Tantas coisas aconteceram... e o mais incrível é que muito em breve uma nova vida estará alegrando minha casa!!!!
Maria Beatriz esta a caminho e com ela uma gana de sentimentos... a gravidez é um processo muito maluco, algumas mulheres podem encará-lo como a coisa mais normal, porém na boa: não sei como conseguem...rrsrsrrs
Digo isto pois o corpo não me pertence mais, meus sentimentos estão mais intensos e fora a ansiedade e o medo que vem junto: ao mesmo tempo que não vejo a hora de tê-la em meus braços, dá um medo danado do tipo: como será minha vida....SOCORRO!!!! rsrsrrsrrsrs Mas uma coisa é verdade, estou muito feliz! e é muito louco imaginar que tem uma vida crescendo aqui....
Gestação de fato não é um período fácil, mas é incrível... bom conforme forem surgindo as angustias e olha que são muitas, se tiver coragem vou postando por aqui...rsrrsrsrrs

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Yoga - um bem para a alma



Não sou especialista na área, porém gostaria de compartilhar com vocês minha experiência nos últimos meses ao retomar esta atividade. 

Recentemente iniciei minhas aulas de Yoga e confesso que inicialmente foi muito difícil. A principio pensava que a dificuldade maior seria justamente por estar a muito tempo parada  e as posições solicitadas seriam dificeis de realizar, porém agora percebo que vai muito além disto.

Acredito que a Yoga requer um encontro carinhoso consigo, ao realizar as posições é necessário uma concentração voltada para o corpo e principalmente para percebê-lo em toda sua essência. Talvez, para alguns, seja a simples reprodução de posições, mas para mim significa um reencontro com aspectos que pensava nem existirem mais...

As aulas tem sido prazeirosas, principalmente por trazer a consciência de olhar para o corpo com mais carinho e respeito, aceitando sua limitação e ajudando-o a desenvovler-se mais e mais... Acredito que consequentemente estas questões vem para a vida cotidiana também, a importância de exercitar a flexibilidade, o respeito com o tempo do outro, o reconhecimento de nossas limitações... Enfim, um exercicio para o corpo que deve ser estendido para nossa vida prática.

Caso sintam vontade de experimentar, depois contem como foi...

Beijos no coração, até a próxima







Nosso maior medo

Nosso maior medo não é o de sermos incapazes.
Nosso maior medo é descobrir que somos muito mais poderosos do que pensamos.
É nossa luz e não nossas trevas, aquilo que mais nos assusta.
Vivemos nos perguntando: quem sou eu, que me julgo tão insignificante, para aceitar o desafio de ser brilhante, sedutora, talentosa, fabulosa?
Na verdade, por que não?
Procurar ser medíocre não vai ajudar em nada o mundo ou os nossos filhos.
Não existe nenhum mérito em diminuir nossos talentos, apenas para que os outros não se sintam inseguros ao nosso lado.
Nascemos para manifestar a glória de Deus – que está em todos, e não apenas em alguns eleitos. Quando tentamos mostrar esta glória, inconscientemente damos permissão para que nossos amigos possam também manifestá-la.
Quanto mais livres formos, mais livres tornamos aqueles que nos cercam.
Marianne Williamson

Adoro este texto!! Acredito que ele expressa aquilo que procuro trabalhar com os jovens em sala de aula: a importância de recohecerem-se como  os únicos responsáveis pelas mudanças e transformações em suas vidas.
Espero que apreciem assim como eu... Até breve....

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Museu da Resistência



Gostaria de indicar a vocês este passeio muito bacana. Conhecer o museu da resistência é valorizar o direito que temos de expressar nossas ideias e principalmente ver de perto a capacidade do homem em causar o mau para o próximo.


Hoje as maneiras de cercear o  direito de expressão, talvez não sejam tão rígidas, porém elas ainda existem e conhecer nossa história política é de suma importância para utilizarmos corretamente nosso "poder" enquanto povo.

Fica a dica, espero que gostem... depois contem como foi a experiência. Beijos no coração.




Antigo Prédio do DOPS - Praça General Osório, 66.
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 10 às 17 horas.
Informações: (11) 223-5217
Entrada franca.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A arte de escutar o silêncio



Hoje parei para pensar, quanto tempo não ficava em silêncio, e percebi que não faço isso desde minha adolescência. Tinha o hábito de meditar e somente escutar os sons a minha volta,  -ato pouco comum aos jovens de hoje - gostava disso.


Tirei o dia para isto hoje... passei boa parte do tempo em silêncio, escutando somente os sons da rua, dos bicho e da chuva. Por um momento fiquei observando minha cachorra brincar com a comida, sem pensar em mais nada.

Foi um lindo encontro, de repente senti um aperto no peito, não de tristeza mas uma sensação de reencontro com algo que por alguma razão ficou guardado e escondido por um longo tempo... Neste momento percebi o quanto muitas vezes limitamos nossas vidas a lamentações e diminuimos nossa capacidade de sonhar. Não que tenha feito isto com a minha, mas as vezes nossa tendência natural é sempre olhar para o que perdemos sem perceber o outro lado da história, e sempre há o outro lado.


Foi uma tarde gostosa, em que o silêncio falou mais alto e ajudou a resgatar algo que em mim estava adormecido... então fica a dica: tente escutar o seu silêncio e depois se quiser conte como foi.


Até a próxima, beijos no coração

Bem vindo 2012



Muitas são as promessas quando um ano começa... mas na realidade penso que o importante é  agradecer, por tudo o que temos e principalmente pelas possibilidades de novas conquistas. Surgem mais 365 possibilidades de tornar a vida mais divertida e interessante, basta somente fazer as escolhas certas ou pelo menos acreditar que independente das situações no final dará tudo certo.
Portanto desejo a vocês meus amigos um 2012 muito abençoado e com lindas histórias para contar.
Beijos no coração, até a próxima